domingo, 12 de fevereiro de 2012

O Largo do Terreiro: recordando as crónicas de Martins da Costa

Jornal Nova Esperança, 1987

2 comentários:

  1. Prof.Martins da costa, foi meu professor de desenho.Um grande homem, algo austero mas também amigo.Sua esposa, Profª. Rosa, também me deu aulas de desenho. Recordo o dia em que ela me convidou para ir a sua casa e me mostrou as obras de arte do prof.Martins.Fiquei encantado com as pinturas expostas numa sala, que penso ter sido o seu atelier.
    Como é ( ou era) habitual na nossa terra, a arte é ( ou era) pouco valorizada e nada se fez,então, para que o espólio deste professor /artista ficasse em Penacova.
    Ao ler a crónica pode-se concluir que este SENHOR era um artista multifacetado,tendo em conta a sua arte na pintura e nas letras.

    ResponderEliminar
  2. Um dos melhores professores que tive na minha passagem pelas escolas de Penacova...
    Martins da Costa não era mais um "carneiro".
    Pensava com a sua cabeça e quase sempre muito bem!

    ResponderEliminar