domingo, 22 de março de 2015

Penacova rural: início dos anos oitenta







FOTOGRAFIAS DE VARELA PÈCURTO*
RECOLHIDAS
NO CONCELHO DE PENACOVA NO INÍCIO DOS ANOS OITENTA


O MEIO RURAL EM PORTUGAL

Como faz notar F. O. Baptista (1996: 53), na primeira metade dos anos setenta (1970/74), a superfície semeada anualmente no Continente já baixara 23% relativamente a 1960/64, e, em 1985/88, esta quebra era já de 45%. Entretanto, compram-se muito mais adubos, pesticidas, motores e tubos de pvc para rega, e tractores.

Em 40 anos a química e a mecânica instalam-se nos campos. Da vila ou da cidade chegam também sementes, rações e gasóleo.

É a mudança tecnológica bem patente na percentagem dos consumos intermédios na produção final da agricultura, que passa de 6% em 1950 para 45% em 1990 (F. O. Baptista, 1996: 40).

 in O MEIO RURAL EM PORTUGAL: ENTRE O ONTEM E O AMANHÃ - Comunicação apresentada  por José Portela  (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro) ao Seminário Internacional A Revitalização do Mundo Rural e o Ordenamento do Território, Lisboa, 15-17 de Maio de 1997. 



* publicadas no livro Penacova de Varela Pècurto, 
   edição Hilda, Coimbra 1984 

Sem comentários:

Enviar um comentário