sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Debater o presente e o futuro da Fileira do Pinho

Centro PINUS reúne especialistas para debater
o presente e o futuro da Fileira do Pinho

O Centro PINUS promove, no próximo dia 14 de Dezembro, em Cantanhede, na sede do Biocant (Parque Tecnológico de Cantanhede, Núcleo 04, Lote 2), a partir das 10h00, um seminário intitulado “Mais e Melhor Pinhal”.  

Numa altura em que a Fileira do Pinho enfrenta grandes desafios é cada vez mais importante perspectivar a riqueza que representa e as oportunidades que podem ser potenciadas e criadas neste sector. De entre os temas em destaque estarão o incentivo ao investimento e à gestão, abordando a procura e o mercado, a melhoria da rentabilidade da cultura e os incentivos financeiros.

Indústria da Fileira do PINHO: dados socioeconómicos
Exportações em 2011 – 1443 milhões de euros (34% da exportações da fileira florestal e 3,4% das exportações nacionais)
VAB em 2010 (Valor Acrescentado Bruto) – 1030 milhões de euros (50% do VAB das industrias da fileira)
Empresas em 2010- 11245 (90% das empresas industriais da fileira florestal)
Empregos em 2010- 62447 (80% dos empregos industriais da fileira florestal)
As inscrições são gratuitas e devem ser efectuadas em www.centropinus.org ou para o telefone 258738067. Sujeitas à limitação da sala.

O Centro PINUS foi constituído em 1998 pelos maiores consumidores de madeira de pinho tendo como objectivo contribuir para o aumento da produção e qualidade da floresta de pinho. Actualmente os associados do Centro PINUS representam mais de 90% do consumo da fileira tradicional do pinho e são: AIMMP, Celtejo, Europac Kraft Viana, Fibromade, Forestis, ICNF, I.P., Investwood, Luso Finsa, Sonae Indústria e Unimadeiras.
Ass. Comunicação:
Dina Coelho – 918788654

dina.coelho@qiportodeideias.com

Sem comentários:

Enviar um comentário