sábado, 29 de setembro de 2012

"Meu Rio de Prata": uma obra que vem enriquecer a bibliografia sobre Penacova e o Mondego


Decorreu, esta tarde, a apresentação do livro "Meu Rio de Prata", da Chiado Editora, tendo como autor Ulisses Baptista, natural da Carvoeira, onde viveu a infância e parte da sua juventude. Dizemos parte, porque foi em Viseu que se formou em Engenharia do Ambiente.
A sessão de lançamento teve lugar na Biblioteca Municipal de Penacova. A iniciar, contou com um apontamento musical muito agradável, proporcionado pelo Grupo Ensemble. A Vereadora da Cultura, Fernanda Veiga, deu as boas vindas aos presentes e Carina Quintas da Costa (ex-colega de Curso) fez a apresentação da obra considerando que se trata de um trabalho muito bem conseguido, "muito belo, muito leve e suave" sobre Penacova. Recorde-se que se trata de uma obra poética, forma de expressão literária preferida do autor. Além do enquadramento histórico e etnográfico, o livro traduz uma grande sensibilidade ambiental. A ameaça de construção da Mini-Hídrica (em cujo processo de contestação se envolveu) terá sido, em grande medida, uma das motivações para a sua publicação, conforme referiu Ulisses Baptista."Inicialmente não tinha intenção de editar, mas a dado momento senti que podia ser mostrado às pessoas"- esclareceu. A mensagem ambiental que encerra, acredita o autor, chegará mais facilmente ao grande público, através deste género literário, na medida em que a melodia, a rima (que gera expectativa) e a própria estrutura do poema (a quadra) tornam a obra mais leve não deixando de ser profunda. Neste sentido se inscrevem também as vertentes da educação ambiental.
Há um "elogio ao bucólico" apesar de alguns atentados ambientais, fruto do impacto humano e dos "atentados ambientais" que se cometeram no rio - disse Ulisses Baptista. Questionado sobre projectos literários, confidenciou que tenciona publicar um livro de Contos sobre temáticas penacovenses. No final, a Câmara Municipal proporcionou um momento de degustação da doçaria conventual do nosso concelho.
"Meu Rio de Prata" vem enriquecer, duma forma diferente, através da poesia, a bibliografia sobre Penacova e o Mondego.
 
clique nas imagens para ampliar

 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário