terça-feira, 4 de outubro de 2011

1.º Aniversário da Implantação da República celebrado em todo o concelho


PENACOVA

Bem cedo, a vila foi despertada por uma salva de 21 tiros de morteiro. Pouco depois, a Filarmónica Penacovense percorria as ruas de Penacova. Girândolas de foguetes e casas"embandeiradas" anunciavam um dia diferente. No Largo Alberto Leitão e na Avenida 5 de Outubro, a iluminação fora especialmente cuidada. À noite, percorreu a vila um "grupo de cidadãos, acompanhados pela filarmónica […] tocando a Portuguesa". No meio de "enorme entusiasmo, levantavam vivas à República e à Pátria". Conta-se que, à porta do dr. Rodolfo Silva "este proferiu um comovido discurso que foi muito aplaudido." Terminado o cortejo na Avenida 5 de Outubro "saiu a Tuna de Penacova tocando a Maria da Fonte pelas ruas da vila".
S. PEDRO DE ALVA
Em S. Pedro de Alva, o Largo José António de Almeida esteve iluminado, em especial a fachada do Centro Republicano com "iluminárias de belo efeito". À noite teve lugar uma sessão solene no Centro Republicano, aberta pelo Presidente José de Almeida Coimbra, que proferiu um breve discurso, convidando em seguida para presidir à reunião, Bernardo Jacinto Henriques, professor de Travanca, que, por sua vez, convidou para secretariar José de Matos Vieira (da Venda Nova) e Manuel Gentil da Natividade, também professor. O secretário do Centro, Eduardo Pedro da Silva também usou da palavra. Foram "levantados acalorados vivas aos velhos e prestigiados republicanos" José de Almeida Coimbra e Joaquim António Madeira. O serão esteve animado e "as meninas Olímpia Gentil da Natividade, Conceição Henriques, Aida de Almeida e Alice de Almeida recitaram algumas poesias". Além disso a "galanta Belita Madeira compareceu a este acto com seus pais, graciosamente vestida de República." A terminar, "houve um animado baile nas casas da Escola que seprolongou até às 3 horas da madrugada."

LORVÃO

Lorvão também celebrou o 1.º Aniversário da Implantação da República. Neste dia não se trabalhou e a Junta de Paróquia "inaugurou uma linda bandeira nacional na fachada da sua sala de sessões tendo discursado o digno presidente da junta sr. Joaquim Maria da Silva. Durante o dia foram queimados cerca de oitenta dúzias de foguetes."

ESTRELA D'ALVA

Na Fábrica Estrela de Alva o Dr. Alípio Barbosa Coimbra "deu, nesse dia, um bodo aos operários". Embandeirou-se e iluminou-se a fábrica e foram " queimados inúmeros foguetes''.
 
FRIUMES

De Friúmes foi, inclusivamente, enviado um telegrama ao Presidente da República:

A comissão abaixo assinada felicita Vª Ex.ª pela gloriosa data de 5 de Outubro.

Friúmes de Penacova, 6-10-911

Joaquim Domingos, Francisco Ferreira, Jerónimo dos Santos Oliveira, Alípio Serra, Alberto Bento, Joaquim Moura, Vasco da Gama, Alípio Francisco, António Flórido dos Santos, António Rodrigues Duarte.

Também em Travanca, Lorvão, Chelo, Paradela e Cácemes foi assinalada a data.

Fonte: Jornal de Penacova, 1911

Sem comentários:

Enviar um comentário